segunda-feira, 17 de abril de 2017

mapas

ANDRÉ, ficas a saber que acicataste ainda mais o gosto do meu filho por mapas. 
Sempre que fala em Cabo Verde, fala com um brilho nos olhos dos mapas e dos aparelhos (GPS e tablets) que lhe mostraste no teu escritório...

Hoje, a Fátima (a sra. que trabalha lá em casa) faz anos e pedi-lhe que fizesse um desenho para lhe oferecer. Sem saber bem o que desenhar, sugeri-lhe o tema Cabo Verde, de onde ela é oriunda, esperando que ele desenhasse a praia ou o deserto... Pois ele resolveu desenhar as ilhas, tal qual a t-shirt que vocês lhe ofereceram com o mapa do arquipélago. Foi-se lembrando, de cor, de quase todas as ilhas e desenhou-as nas posições e tamanhos bastante aproximados do real. Enquanto eu insistia que a Brava era no Norte, ele teimava (e com razão!) que "Não é nada, mãe! É cá em baixo... ao lado do Fogo".
Fiquei parva com o detalhe... E orgulhosa. Tenho um filho com alma de cartógrafo... e de viajante...

2 comentários:

Cátia Santos disse...

Manel 1
Mãe 0

Beijinhos 😍

Goldfish disse...

O orgulho nos feitos da prole - não compreendo quem não o tenha!