terça-feira, 16 de janeiro de 2018

11 anos de blog


pois é. diz que esta brincadeira começou há 11 anos...
no início era isso mesmo, uma brincadeira. a três.
entretanto, as duas macacas deixaram-me a brincar sozinha.
vá lá que eu até sou do tipo "criança que sabe brincar sozinha e não se aborrece facilmente", senão cheira-me que não estaria aqui hoje a escrever este post.
claro que há momentos de aborrecimento... e já aqui expressei que gostava que 2018 fosse um ano de mudança para este blog. 
o regresso das macacas poderia ser uma hipótese. deixo-lhes aqui o repto... não querem voltar?
fechar a porta do sótão e deitar fora a chave é outra...
na verdade, ainda não pensei muito em como levar a cabo este processo de mudança.
aguardo contributos (preciosos!) desse lado.
digam coisas, vá lá!
o que mais gostam no blog? o que menos gostam?


ai que nervos!

fui à aldeia, desabafar!

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

tenham a bondade de me auxiliar

ainda não consegui perceber muito bem a diferença entre o poke e o ceviche. 
alguém me sabe explicar?

já percebi que o poke é originário do Hawai (ou daquelas bandas) e o ceviche da América Latina. Nunca provei poke e os ceviches que provei (em Portugal) certamente que andam longe do original. Há ainda o fish tartare (de salmão ou atum) que me parecem uma mistura de ambos (e que intuitivamente experimentei fazer em casa, com relativo sucesso)...
Como podem ver estou confusa... 
Digam coisas. 

(a minha vontade era nunca mais postar nada neste blog para ter a foto do Pedro Pascal eternamente em destaque. Mas, enfim... the show must go on!)

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

ansiosamente a aguardar pela 4ª temporada de Narcos


eh pá, ó pedro... tu no me mires de esa manera... soy comprometida, entiendés?
vai lá matar uns narcotraficantes mauzões, vá...

está de chuva, mas eu fui à aldeia

falar sobre a grande tendência para 2018


quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

ARNA é fixe

é tão bom receber presentes fora de época. um obrigada à greve "natalícia" dos Correios por isso.
ARNA és uma querida e o teu presentinho já chegou.


coisa mais fofa. e que bom começar o ano a receber amor (e corações)!
pergunta que se impõem: é um DIY?