quinta-feira, 11 de outubro de 2012

xtchi para o que me havia de dar

Queria escrever um post sobre como acho que as marcas já andam a passar das marcas (deves ter a mania de que és a rainha dos trocadilhos!) com esta história de convidarem bloggers conhecidos da nossa praça para tudo o que é evento (seja de moda, seja de culinária, seja de literatura...), mas depois dizem que sou uma put@ de uma invejosa ressabiada que nem seguidores tem e cujas visitas ao blog são pouco mais de 100 mil e já não me apetece tanto...

Acreditem que percebo o poder comercial dos blogs, a sério que percebo! E quanto mais seguidores, mais potencial... óbvio! Os blogs revolucionaram a forma de comunicar, publicitar e vender de algumas marcas e não acho que daí venha grande mal ao mundo. Mas, estão a ver aqueles gráficos em que há uma linha que começa a subir e depois quando atinge um pico vem por ali abaixo? Acho que é o que vai acontecer, inevitavelmente (e digo-o sem qualquer maldade, believe me). Neste momento estão no pico, mas até quando?

E o que ainda poderemos ver? Licenciaturas em Marketing de Blogs e Redes Sociais? Bloggers-vendedores ambulantes? Pagamento de presenças de bloggers em eventos (como as estrelas dos reality-shows)? Casa dos Segredos dos bloggers?

E depois? O que se seguirá? Não sei... Mas sei que os critérios do que faz um bom ou mau blog são subjectivos (ou estarão subvertidos?). Porque carga de água X é convidado para um workshp de culinária só porque tem mais de um milhão de vizualizações, quando o Y até tem um blog de culinária bem jeitosinho, mas não usa os óculos da moda e não fala de marcas no seu blog? 

Isto são só considerações, sem grande fundamento científico... São coisas que me passam pela cabeça... Não acho que um blogger que recebe gelados e massas em casa seja um "vendido" ou que uma blogger dita de moda seja uma burra fútil do pior que há... Não vejo o mundo a preto e branco, mas há cinzentos que me fazem alguma comichão, if you know what I mean...


Disclaimer: Nunca tive pretensões de que o meu blog fosse conhecido/lido/comentado para além do meu ciclo de amigos e alguns conhecidos. Escrever é algo que faz parte de mim e o blog é apenas mais uma plataforma para fazê-lo. Já me trouxe coisas boas e outras menos boas, já me fez pensar muito, rir ainda mais, chorar, revoltar-me, desiludir-me... Apresentou-me a novas realidades e pessoas que pensam diferente de mim, mostrou-me locais onde encontro ideias e inspiração para o meu próprio trajecto... Ter um blog é reinventar-me a cada dia!

1 comentário:

rita.cestmavie disse...

Percebo o que dizes e concordo. bjssss