terça-feira, 20 de janeiro de 2015

porque gosto de ir à praça

porque no momento em que estou a escolher maçãs fuji (as minhas preferidas), a senhora da banca onde me avio todos os sábados de manhã diz-me: "tem ali do outro lado daquelas mais pequeninas, como gosta". ou quando a sra. das aves me pergunta pelo meu filho e respondo que está adoentado e ela me junta à encomenda uma caixa de ovos de galinha para fazer "uma canjinha para o menino". ou quando o meu marido vai sozinho e chega a casa com as mangas e os abacates como eu gosto, porque a sra. da fruta lhe disse que são aqueles os que costumo comprar. porque o meu filho vem de lá praticamente almoçado com tudo o que carinhosamente lhe oferecem (laranjas, tomates cherry, chupa-chupas, línguas de veado, eu sei lá mais o quê...), porque encontramos família/amigos/vizinhos e o pequeno-almoço/café assim tem outro sabor. porque as pessoas são de uma simpatia genuína e a qualidade dos produtos não tem comparação.

4 comentários:

Joana disse...

as manhãs de sábado são especiais...mesmo.

beijinho
Joana

André disse...

um luxo!! :)

Joana | Creme Pimenta disse...

Tal e qual. E é também por isso que gosto de cidades pequenas.
E as maçãs fuji são a minha desculpa para visitar o mini(mini)-mercado onde até os morangos têm outro cheiro
:)

Guilhim disse...

Concordo... mas o difícil que é começar relações num mercado novo! Confesso que por aqui ainda não me consegui orientar... Sempre que posso vou ao mercado da terrinha e trago para cá!