quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

M. foi ao baeta pela 1ª vez




Depois de a minha cabeleireira me dizer que o M. parecia o Pinto Balsemão e que cortar o cabelo "que não está lá a fazer nada" só servia para fortificar o que aí vem, lá assenti em deixá-la encostar a tesoura ao pescoço do miúdo e acabar com o corte de origem, que de facto já não era nem carne nem peixe.

E, efectivamente, ficou tãaaaaaaaaaaaaaaaaaao giro... Está com ar de rapazinho! E diz que se portou (mais ou menos) bem! E até trouxe uns fiozinhos para recuerdo!

2 comentários:

Kiki disse...

Ohhhhh Tão fofinho!!! O Vicente tb tem uns penachos a mais, mas tenho medo de lhe estragar os caracóis! Nem lhe mexo! :)

semi-nomada disse...

Imagino o prazer que uma certa cabeleireira deve ter tido a cortar o cabelinho do M. :-D
Ainda por cima, se ele se portou bem... Já do J. ela não pode dizer a mesma coisa. A choradeira e esperneanço (esta palavra existe?) foram tais, que no fim estávamos os 3 - ela, eu e ele - todos suados e cheios de cabelos...
Beijo grande para vocês